Regional

São José anuncia meia experiente como mais um contratado para a Série A-3

Branquinho tem uma carreira positiva que começou em 2007 e no futebol amador da cidade onde nasceu

Escrito por Jogando Juntos

26 JAN 2021 - 17H40 (Atualizada em 26 JAN 2021 - 17H46)

Fernando Tigela/São José EC/Divulgação

O experiente meia Branquinho foi anunciado como mais uma contratação do São José para o Campeonato Paulista da Série A-3. O jogador é o oitavo nome confirmado e volta à região depois de passagem pelo rival em 2019.

Wellington Clayton Gonçalves dos Santos, o Branquinho, nasceu em São José do Rio Preto no dia 02/01/1983. Aos 38 anos, está no futebol profissional deste 2006 quando destacou-se no futebol amador da sua cidade e foi convidado a abrir carreira no Rio Preto Esporte Clube.

Com 1,77m de altura e peso médio de 74kg, caracteriza-se como um meia habilidoso e que sabe pisar na área adversária para fazer gols e assistências. Foi campeão baiano em 2014, campeão paulista da Série A-2 em 2016 e conquistou acessos com o Rio Preto, Grêmio Barueri, Botafogo de Ribeirão Preto e Ceará.

Em 2019, esteve pela primeira vez na região. Ele e outros seis jogadores vieram ao Taubaté trazidos pelo executivo de futebol Carlos Arini. Na Copa Paulista, formaram uma base transportada para o Paulista da Série A-2 de 2020. No entanto, na virada de ano, o jogador preferiu ficar mais próximo de casa e foi para o Barretos, da Série A-3.

O Barretos foi o último time de Branquinho. Depois do início no Rio Preto, passou por várias equipes entre idas e vindas: Botafogo de Ribeirão Preto, Grêmio Barueri, Ceará, Santo André, Atlético Paranaense, Cerezo Osaka-Japão, Montedio Yamagata-Japão, Bahia, Oeste, Santo André, Red Bull, Penapolense, Atlético Tubarão-SC e Taubaté.

Considerações

Por intermédio da assessoria de Imprensa do São José, o novo contrato fez algumas considerações:

“Primeiro tenho que dizer que vestir a camisa do São José é uma honra. Camisa de peso, clube tradicional e uma torcida que é muito elogiada por todos os atletas. Quem joga contra e a favor. Torcida que incentiva o tempo todo. Bom, quando recebi o convite fiquei muito empolgado pois ainda tenho meus objetivos no futebol como atleta e tenho certeza que também escreverei meu nome da história da Águia.”

“Embora nunca tenha trabalhado com o professor Ricardo (Costa, o técnico), as referências que obtive são as melhores, isso sem falar que se tornou conhecido como o Rei dos Acessos. Juntos vamos seguir conquistando mais e mais.”

“Devido a esta pandemia, foquei mais na minha família e procurei ficar próximo dela. Estava jogando todos os jogos no Barretos (próxima de São José Rio Preto). Tenho meus objetivos ainda, muita lenha para queimar. Sou experiente, rodado, mais tenho muito o que conquistar com atleta de futebol e por isso me cuido.”

“Quero marcar meu nome na história do São José. Hoje no futebol não tem espaço para perdedores e todos os atletas que estão aqui sabem disso. Temos que vencer, temos que conquistar, chegar as finais. Podem esperar um atleta se entregando em campo. Eu vim para cá para conquistar, vencer, ser campeão.”

Fernando Tigela/São José EC/Divulgação
Fernando Tigela/São José EC/Divulgação
Branquinho ao ser apresentado


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...