Por Alanys de Souza Silva | EM Maria Payar Em Alunos Atualizada em 25 SET 2020 - 14H34

A quarentena e o desafio de continuar sonhando

Muitos alunos vagam por conta própria em busca de conhecimento, pois não possuem recursos em suas casas para a colaboração

Todos os anos, milhares de alunos de escolas públicas se esforçam para passarem nas mais renomadas escolas privadas de suas cidades. Este ano não está sendo diferente, há muitos alunos dedicados e focados em seu objetivo: ingressar em uma escola boa e garantir seu futuro. Porém, com o ensino afetado, várias dificuldades surgiram e podem estar desencorajando os guerreiros estudiosos nessa quarentena.

Entre uma extensa lista de problemas é importante frisar, primeiramente, a ansiedade dos estudantes, uma vez que, com o contato direto, as dificuldades emocionais poderiam ser resolvidas com o auxílio dos professores. No entanto, muitos alunos encontram-se sozinhos, sem o apoio da família, causando desânimo e o desencorajamento dos alunos.

Outro problema é a dificuldade de estudar. Em toda a vida escolar o aluno contava com a presença do professor, até mesmo os alunos mais retraídos tinham suas dúvidas esclarecidas, em aula ou em particular. Se em algum momento o foco fosse outro, rapidamente o professor já o retomava a atenção e prosseguia. Em casa, com o uso de celulares e computadores, torna-se comum a perda de foco e a distração.

Nas escolas havia o hábito de divulgação das datas de vestibulares e o planejamento de simulados o ano todo. Fora das escolas, sem avisos e divulgações, diversas provas foram esquecidas ou até mesmo nem chegaram à tona, fazendo muitos alunos perderem vários importantes vestibulares.

Muitos alunos vagam por conta própria em busca de conhecimento, pois não possuem recursos em suas casas para a colaboração. Por isso, esses alunos precisam ser encorajados todos os dias a prosseguir, além de serem parabenizados e exaltados por vencerem as dificuldades e persistirem.

Parceria:




Com supervisão de Nicole Almeida, jornalista do Grupo Meon.

Escrito por
Alanys de Souza Silva (Arquivo Pessoal )
Alanys de Souza Silva | EM Maria Payar

Aluna do 9° ano do Ensino Fundameantal II da Escola Municipal Maria Antonieta Ferreira Payar, em São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.