Por Larissa Maria de Souza de Oliveira | EM Profª Braga Em Alunos Atualizada em 27 OUT 2020 - 18H54

Você sabe como uma vacina é produzida?

Descoberta há mais de 200 anos, é o assunto do momento por causa da pandemia.

Assunto do momento por causa da pandemia, a história da vacina vem de longa data. Há 224 anos o médico inglês Edwqar Jener, 100 anos antes da descoberta dos vírus, fez uma das maiores descobertas da humanidade e que salvaria milhões de vidas: a vacina. Usando um vírus de uma doença adquirida da vaca (parecida com a varíola), ele conseguiu criar um medicamento que fosse capaz de combater o vírus.

Uma vacina contém micro-organismos da própria doença. Esses são atenuados ou mortos, fazendo o nosso organismo reagir e criar os anticorpos. Sendo assim, da próxima vez que a pessoa for infectada, ela já terá os devidos anticorpos específicos.

Em alguns casos não são os micro-organismos, mas sim toxinas que são produzidas. A vacina é feita a partir de como o vírus/bactéria age.

Há diversas fórmulas. Existem vacinas feitas com vírus injetados em embriões vivos e que depois passam por um tratamento para serem utilizados, de exemplo a vacina da gripe, que precisa ser refeita anualmente devido às mutações e que é feita em ovos - por isso quem é alérgico a ovo não pode tomar.

O Instituto Butantan (SP) possui um grande centro de pesquisa e uma fazenda onde são criados cavalos especificamente para o teste e produção de vacinas.

O calendário vacinal do Brasil é um dos mais completos do mundo e previsto em lei.


Parceria:




Com supervisão de Samuel Strazzer, jornalista do Grupo Meon. 

Escrito por
Larissa (Arquivo Pessoal )
Larissa Maria de Souza de Oliveira | EM Profª Braga

Aluna do 8° ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Professora Homera da Silva Braga, em São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.