Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Bolsas da Ásia fecham sem direção única

As bolsas asiáticas fecharam sem direção definida nesta quinta-feira, 3, com investidores em compasso de espera por dados de emprego nos Estados Unidos. A queda em dado de atividade de serviços na China ajudou a espalhar cautela nas mesas de operações locais.

O Xangai Composto caiu 0,36%, a 3.584,21 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto cedeu 0,34%, a 2.392,64 pontos.

Em Hong Kong, o HSI perdeu 1,13%, a 28.966,03 pontos.

Segundo pesquisa da IHS Markit com a Caixin Media, o índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da China recuou de 56,3 em abril a 55,1. Apesar da queda, o indicador segue bem acima da marca de 50, o que denota expansão na atividade no período.

No Japão, o PMI de serviços cedeu de 49,5 para 46,5, no mesmo intervalo, de acordo com a IHS Markit e o Jibun Bank.

Ainda assim, o Nikkei, de Tóquio, conseguiu encerrar o pregão com ganho de 0,39%, a 2.9058,11 pontos, com ajuda do setor de energia, em meio à alta nos preços de petróleo.

Operadores em todo o mundo fazem ajustes antes de indicadores de emprego em nos EUA, que podem servir de baliza para os próximos passos do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Na véspera do relatório oficial do Departamento do Trabalho, o Payroll, a ADP informa nesta quinta sua estimativa para o emprego no setor privado do país.

Em outras partes da Ásia, o Kospi, de Seul, ganhou 0,72%, a 3.247,43 pontos e o Taiex, de Taiwan, subiu 0,47%, a 17.246 pontos.

Na Oceania, o S&P/ASX, de Sidney, avançou 0,59%, a 7.260,10 pontos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.