Por FolhaPress Em Brasil

Crescimento do ecommerce foi diferente entre os países

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O empurrão que a pandemia deu no ecommerce teve diferentes impactos nas economias locais. Segundo pesquisa da Ipsos, em 28 países, quem mais aumentou a frequência das compras online foram os chilenos (59%), britânicos (55%), turcos e coreanos (54%). No Brasil, foram 47%, ainda acima da média mundial (43%).

O reflexo disso é que 36% dos entrevistados brasileiros dizem estar comprando menos em lojas pequenas de comércio local por aqui. Essa média é maior do que no grupo total dos países (30%).

O perfil do consumidor que migrou com mais força para o comércio eletrônico é, principalmente, de renda alta (49%), feminino (45%) e tem menos de 35 anos (45%), ainda segundo a pesquisa da Ipsos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por FolhaPress, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...