Por Conteúdo Estadão Em Brasil

EUA criam 164 mil vagas em julho e taxa de desemprego fica em 3,7%

A economia americana criou 164 mil empregos em julho, informou nesta sexta-feira o Departamento do Trabalho do país em seu relatório mensal de empregos (payroll), um pouco abaixo da mediana de 31 expectativas coletadas pelo Projeções Broadcast, de 170 mil, mas dentro do intervalo de 74 mil e 212 mil novos empregos no período.

O número se mostrou praticamente em linha com a média da criação de empregos no primeiro semestre do ano, em 161 mil. Os resultado dos dois meses anteriores, contudo, foram revisados para baixo. Em junho, a criação de empregos foi revista de 224 mil para 193 mil, enquanto em maio a revisão foi de 72 mil para 62 mil.

A taxa de desemprego ficou estável em 3,7%, perto dos menores níveis em 50 anos, como previsto pela mediana de 30 casas.

O salário médio por hora dos trabalhadores subiu 0,29% na comparação mensal de julho, enquanto a mediana indicava avanço de 0,2%, e ganhou 3,2% na comparação anual de julho, acima da expectativa de alta de 3,1%.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...