Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Na TV estatal, opositor belarusso detido diz estar colaborando com autoridades

O jornalista opositor belarusso Roman Protasevich, detido em Minsk no domingo, 23, depois que o avião comercial em que viajava foi obrigado a aterrissar, apareceu em um vídeo divulgado por canais de TV estatais dizendo que está cooperando com investigadores. Ele afirma que está confessando, como foi acusado, ter organizado distúrbios em massa em Minsk.

"As pessoas estão se comportando comigo de forma totalmente adequada e em total respeito à lei. Continuo colaborando com os investigadores e comecei a confessar sobre a organização de manifestações maciças", disse no vídeo, no qual aparece sentado em frente a uma mesa e dirige-se à câmera.

Em vários canais do aplicativo de mensagens Telegram, Protasevich aparece vestindo um moletom escuro e com as mãos firmemente cruzadas na frente dele. O jovem diz que está em uma prisão preventiva em Minsk e nega ter problemas cardíacos relatados por algumas redes sociais. (Com agências internacionais)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.