Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Trump é retirado de entrevista coletiva, após receber orientação de funcionário

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou nesta segunda-feira, 10, uma entrevista coletiva na Casa Branca nos minutos iniciais, após um funcionário o interromper e falar-lhe em privado. Segundo a imprensa americana, a saída dele ocorreu após ter sido informado sobre algo pelo serviço secreto e a segurança no local estaria reforçada.

No início da coletiva, Trump havia criticado supostas irregularidades eleitorais na Virgína. Ele tem argumentado que o voto pelo correio, uma alternativa diante da pandemia da covid-19, é sujeito a fraudes. Além disso, Trump havia comemorado a alta recente no mercado acionário, atribuindo o avanço da maioria das bolsas de Nova York hoje a decretos de estímulo lançados no fim de semana por ele.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.