RMVale

TJ concede liminar e Ecobus segue operando transporte coletivo por mais 5 anos em São Sebastião

O prefeito, Felipe Augusto (PSDB), pede retirada da empresa; a prefeitura estuda a implantação do transporte alternativo

Escrito por Fernanda Niquirilo

07 JUN 2021 - 11H12 (Atualizada em 10 JUN 2021 - 18H08)

Divulgação/Ecobus Ecobus (Divulgação/Ecobus)

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB), informou, em uma live em suas redes sociais, que o Tribunal de Justiça concedeu a liminar para a empresa Ecobus manter o transporte coletivo na cidade por mais cinco anos.

De acordo com o prefeito, o município entrou no STJ (Supremo Tribunal de Justiça) para cassar a liminar que manteve a empresa no município.  O prefeito pediu desculpas aos moradores e afirmou que utilizará todas as alternativas legais para oferecer à população um transporte coletivo seguro, pontual e confortável.

"Eu peço a Deus que a gente não tenha uma tragédia com essa empresa, na semana passada mais uma vez, mais um ônibus perdeu o freio na descida do Guaecá, a situação é crítica. Se Deus assim permitir ninguém vai ter que passar por um acidente, mas o que está sendo feito com a permanência dessa empresa aqui é um absurdo!", disse o prefeito.

Felipe Augusto informou que sete ônibus da empresa estariam com problemas mecânicos, com os pneus carecas e problemas nos freios. 

"A decisão deve ser respeitada, mas é completamente ridículo manter a cidade sem ônibus, as pessoas não chegando ao seu destino, é uma situação que se arrasta há meses. É uma situação que se arrasta há muito tempo, essa empresa é um verdadeiro defunto que nós estamos carregando. Não tem a menor condição, é uma empresa falida, quebrou sem gerenciamento, é uma empresa que infelizmente consegue mais uma decisão no TJ que determina a presença da empresa pelos próximos cindo anos. É uma das piores notícias que nós já demos", concluiu o prefeito.

Foto: Reprodução redes sociais
Foto: Reprodução redes sociais


Alternativa.

A Prefeitura de São Sebastião iniciou estudos para que seja feita a implantação do transporte de vans no município. A afirmação foi feita pelo prefeito Felipe Augusto, durante uma entrevista no Jornal da Morada, da Rádio Morada FM.

De acordo com o prefeito, os estudos tem como objetivo viabilizar a contratação de uma empresa e concessionar o transporte público para um sistema de vans, facilitando o deslocamento do cidadão.


O que diz a empresa.

De acordo com o advogado da empresa, José Carlos Sedeh de Falco, as informações referente a circulação dos ônibus não procedem no que diz respeito a estarem com problemas de manutenção.

Segundo a Ecobus, a empresa está operando com 25 veículos, todos revisados e em plena operação. De acordo com a empresa, nessa semana, estão revisando mais veículos para serem colocados em operação.

Já em relação as dívidas ao banco Volkswagen, existia uma dívida que foi paga e os veículos já estão integrando a frota normalmente.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fernanda Niquirilo, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.