Brasil

Prefeitura de São Paulo exige passaporte da vacina para todos os eventos

De acordo com sindicato, 90% dos estabelecimentos associados registraram aumento de casos de pessoas com sintomas de gripe

Escrito por Agência Brasil

11 JAN 2022 - 18H08

Samuel Strazzer / Meon Vacina Covid-19 certificado de vacinação comprovante de vacinação  (Samuel Strazzer / Meon)

A cidade de São Paulo passou a exigir comprovante de vacinação em todos os eventos, independentemente, do número de pessoas. Em decreto, publicado em setembro, a exigência do passaporte era apenas para eventos com capacidade acima de 500 pessoas. Mas com a alta de internações e de casos de pessoas com síndrome gripal na capital paulista, a Prefeitura ampliou a obrigatoriedade.

De acordo com dados do sindicato de hospitais privados da cidade de São Paulo, 90% dos estabelecimentos associados registraram aumento de casos de pessoas com sintomas de gripe.

Leia MaisCampos do Jordão exige passaporte de vacinação em espaços culturaisPetrobras aumenta preço do litro da gasolina de R$3,09 para R$3,24 Maiara e Maraísa fazem show em Caçapava no domingo que vemO documento da Prefeitura não menciona a exigência da apresentação do passaporte de vacinação em shoppings centers, bares e restaurantes; mas mantém a recomendação de que todos os estabelecimentos comerciais solicitem o passaporte de vacinação de seus clientes.

Indo nessa linha, a Unesp - Universidade Estadual Paulista - também publicou nesse fim de semana uma portaria obrigando que toda a comunidade acadêmica: professores, funcionários técnicos e estudantes apresentem comprovante de vacinação contra a covid para poder participar de atividades presenciais nos seus campi.

Inclusive, os alunos novos dos cursos de graduação e pós podem ter até sua matrícula cancelada e perder a vaga caso não apresentem ou justifiquem a ausência de vacinação.

A Unesp segue medidas que já foram tomadas por outras universidades estaduais públicas. A USP publicou um decreto semelhante em 24 de dezembro de 2021, enquanto que a Unicamp também adotou medida semelhante em 07 de dezembro.

Além da carteira de vacinação física, os passaportes digitais que estão sendo aceitos são o do ConecteSus, do Ministério da Saúde; o Vacivida, do Governo do Estado de São Paulo; ou o Esaude-SP, da Prefeitura da cidade de São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Agência Brasil, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.