Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Fernández diz que tem apoio da França em negociação com FMI

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, disse nesta quarta-feira, 12, que tem o apoio da França para a renegociação da dívida do país sul-americano com o Fundo Monetário Internacional (FMI). O chefe da Casa Rosada se encontrou hoje na Europa com o mandatário francês.

"Eu encontrei um bom amigo no presidente da República Francesa", escreveu Fernández no Twitter. Segundo o argentino, o apoio da França envolve não só a negociação com o FMI, como também a postergação de um pagamento de US$ 2,4 bilhões ao Clube de Paris que vence no final deste mês.

"Agradeço seu apoio nas negociações com o Clube de Paris e o FMI. É gratificante que a França reconheça nossos esforços e contar com seu total apoio", afirmou Fernández, em referência a Macron.

O mandatário da Argentina também defendeu o aprofundamento do Acordo de Paris e disse que o país sul-americano compartilha das preocupações da França sobre as mudanças climáticas. "Também temos muito a fazer com respeito à diversidade de gênero. Vou acompanhar o presidente no Fórum da Igualdade de Gerações para avançar nessa direção", declarou Fernández.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.