RMVale

Justiça suspende 580 demissões da Caoa Chery de Jacareí

A pena por descumprimento é de R$ 50 mil por dia

Escrito por Samuel Strazzer

28 MAI 2022 - 11H21 (Atualizada em 28 MAI 2022 - 12H41)

Divulgação/Sindicato dos Metalúrgicos

A Justiça do Trabalho suspendeu as 580 demissões da Caoa Chery de Jacareí. A liminar foi expedida nesta sexta-feira (27).

Na última quarta-feira (25), funcionários receberam e-mails e telegramas que anunciavam o desligamento. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, as demissões aconteceram em meio a negociações entre a empresa, trabalhadores e MPT (Ministério Público do Trabalho).

A proposta do sindicado é de layoff de cinco meses e mais três meses de estabilidade para preservação dos empregos. A contraproposta da empresa é a indenização social de sete a 15 salários nominais.

Contudo, o juiz Lucas Cilli Horta da Justiça do Trabalho entendeu que os trabalhadores foram dispensados durante negociações e resolveu suspender as demissões.

“Deverão ser imediatamente restabelecidos os contratos de trabalho abrangidos por esta decisão, com efeitos retroativos à data de dispensa, bem como restabelecidas as obrigações contratuais pertinentes, como o pagamento de salários”, afirma o Juiz no documento.

A determinação deve ser cumprida em 5 dias sob pena de multa diária de R$ 50 mil até o limite de 30 dias em caso de descumprimento.

O Portal Meon entrou em contato com a empresa que disse que não irá comentar a liminar. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Samuel Strazzer, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.