RMVale

Na contramão das recomendações do estado, São Sebastião libera a abertura de comércios e restaurantes

Não são estipulados limites de horários no documento, contudo, a venda de bebidas alcoólicas fica proibida a partir das 20h

Escrito por Gabriel Campoy

06 ABR 2021 - 17H11 (Atualizada em 06 ABR 2021 - 17H48)

Samuel Strazzer / Meon Prefeitura de São Sebastião (Samuel Strazzer / Meon)

Em decreto publicado pela Prefeitura de São Sebastião nesta segunda-feira (5), foi oficializada a liberação do funcionamento de comércios e restaurantes com restrições.  A fase emergencial foi estendida até o dia 11 de abril conforme o Plano SP, mas com flexibilizações de alguns setores econômicos. 

De acordo com o decreto publicado, restaurante e comércios poderão funcionar desde que tenham a capacidade limitada a 50%. Não são estipulados limites de horários no documento, contudo, a venda de bebidas alcoólicas fica proibida a partir das 20h.

Salões de beleza e áreas compartilhadas de lazer em condomínios também foram liberados. Entretanto, as praias seguem restritas à prática de esportes de forma individual.

Ainda de acordo com a determinação, trabalhadores ambulantes estão liberados para realizarem seus serviços, desde que sigam protocolos sanitários como distanciamento social; não instalem mesas, cadeiras, tendas, esteiras, caixas de som, entre outros; e não estimulem a aglomeração de pessoas.

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, disse que há falta de insumos de intubação na cidade e que o atendimento primário do Coronavírus para aquelas pessoas que estão contaminadas será feito. Só que é preciso encontrar um ponto de equilíbrio entre economia e saúde.

Disse também que têm aumentado casos de furtos por pessoas sem passagens pela polícia e aumentou a busca por cestas básicas.

Já a Secretaria de Desenvolvimento Regional informou que descumprimentos do Plano São Paulo resultarão em notificações pelo Governo do Estado, que também informa o Ministério Público para providências. A justiça esclarece que as administrações locais têm autonomia para ampliar as restrições, mas não podem flexibilizá-las.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.