RMVale

Reunião do Comitê da Covid-19 de Ubatuba debate vacinação e volta às aulas

Na reunião, a Comtur também informou sobre o aumento da entrada de vans e ônibus de turismo na cidade

Escrito por Meon

19 FEV 2021 - 15H28

Prefeitura de Ubatuba reunião Ubatuba (Prefeitura de Ubatuba)

O Comitê de Gerenciamento de Crise frente à Covid-19 de Ubatuba, realizou na tarde de quarta-feira (17), uma reunião. A partir do panorama da doença no município e na região, os pontos principais de debate foram a situação da vacinação e a volta às aulas.

Apesar da diminuição do percentual de ocupação das UTIs adulto e pediátrica para 60,4% na região, a sensação de melhora é aparente já que esse percentual se deve à ampliação de leitos temporários.

Dados do boletim epidemiológico da Covid-19 em Ubatuba mostram que, até dia 17, o município contava com um total de 4.796 casos confirmados da doença, dos quais 73 foram a óbito e, destes, 25 foram confirmados em 2021. Três óbitos foram confirmados somente na quarta-feira. Todos os 19 pacientes atualmente internados com Covid-19 estão fora do município.

A falta de vacinas é outra questão preocupante. Até o momento, o município recebeu um total de 3.956 doses da vacina (640 da Astrazeneca/Fiocruz e 3.316 da Coronavac/Butantan), sendo que o número de doses enviado para vacinar a população idosa acima de 85 anos é insuficiente para cobrir a estimativa de população de Ubatuba nessa faixa etária.

O grupo de profissionais de saúde da rede privada também teve a vacinação suspensa devido à insuficiência de doses. A vacinação desse grupo ocorreu entre 8 e 12 de fevereiro e chegou a um total de 865 profissionais. Não há previsão de início da vacinação para demais idades e grupos prioritários.

Atualmente, continua em andamento a vacinação em segunda dose dos profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) que já tomaram a primeira dose, bem como idosos institucionalizados, população indígena, sistema funerário, quilombolas e idosos acima de 85 anos. Os grupos prioritários atendem às orientações técnicas do Ministério da Saúde.

Tendo em vista a insuficiência de vacinas, a Secretaria de Saúde se articula junto a outros municípios, para pressionar os governos estadual e federal para que o Ministério da Saúde adquira doses em número suficiente para cobrir toda a população dos grupos prioritários.

Volta às aulas

A Prefeitura de Ubatuba decidiu retomar as aulas presenciais da rede pública municipal de ensino em 1º de março de 2021, conforme previsto no decreto n. 7553, de 1º de fevereiro de 2021. A previsão é de retorno para Maternal 1 em diante.

Na reunião, foram dados informes sobre os protocolos sanitários em elaboração pela Secretaria de Educação, a serem revisados pela Secretaria de Saúde. Além das ações de rotina sanitária (uso de máscara, higiene de mãos, limpeza frequente das salas, sanitários e dos objetos utilizados), estão em estudo ações como, por exemplo, a organização de rodízio com previsão de, no máximo, 35% de alunos por semana.

A Vigilância em Saúde destacou que ainda não há estudos sobre aumento de contaminação com início da volta às aulas na rede estadual e também não há previsão de início de vacinação para trabalhadores da Educação.

O Comitê ainda informou que irá se reunir nas próximas semanas ou ainda de forma extraordinária para avalição do impacto da volta às aulas no município.

Na reunião, a Comtur também informou sobre o aumento da entrada de vans e ônibus de turismo que, ao contrário do que se esperava, cresce mesmo após o Carnaval. O comitê vai analisar quais medidas podem ser adotadas para estabelecer limites de entrada por dia.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.