RMVale

Senado aprova título de Capital Nacional da Cerâmica para Cunha

Projeto de Lei ainda segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro

Escrito por Agência Senado

28 ABR 2022 - 20H06

Reprodução

A cidade de Cunha receberá o título de Capital Nacional da Cerâmica de Alta Temperatura, após aprovação do Plenário do Senado, na quarta-feira (27). O PL (projeto de lei) que confere a homenagem ao município de 21,5 mil habitantes segue agora para a sanção presidencial, segundo informação da Agência Câmara.

O município do Vale do Paraíba está localizado na Serra da Bocaina, na divisa com o estado do Rio de Janeiro. A produção de cerâmica de alta temperatura teve início nos anos 1970, a partir da introdução de uma técnica japonesa, mas a prática já fazia parte da história da cidade desde antes. É o que explica a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), relatora do projeto.

"A produção ceramista é parte indissociável da vida do município de Cunha, estando presente na região desde os tempos da ocupação pelos índios tamoios, tendo passado também pela atividade das 'paneleiras', que produziam utensílios com técnica rudimentar, queimadas em 'forno de barranco'", relata a senadora em seu parecer.

Eliziane também observa que os ateliês dos ceramistas são a principal atração turística do município, que desde 2005 realiza anualmente o Festival de Cerâmica de Cunha.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Agência Senado, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.