Por Catarina Berna Villares Em Alunos

Os testes de produtos em animais

Os testes em animais podem levar muitos deles à morte, tortura e traumas




Hoje em dia, muitos dos produtos que consumimos são testados em animais, e com esses testes muitos animais morrem, sofrem ou ficam gravemente feridos.

219 animais são mortos a cada minuto em um laboratório no EUA, como os camundongos, ratos, gatos, cães, pássaros, coelhos, macacos, entre outros, sentindo muita dor, ficando sozinhos, sem ninguém para cuidar deles. São maltratados nesses testes, sendo que os animais tem uma reação diferente da do ser humano nesses casos. O animal pode reagir de um jeito ruim, e talvez o que o afetou não afete o ser humano. 




Não se pode fazer testes com os animais, pois isso é uma tortura para eles, muitos perdem a vida por conta do ser humano, eles sofrem muito durante todo o processo, então agora têm pessoas tentando criar novos modos de se fazer os testes sem matá-los. 

Um exemplo de uma alternativa para testes é o cultivo de tecidos in vitro, que permite a observação de toxicidade na célula. Teste in vitro é um teste realizado fora de um organismo vivo e envolve normalmente células, tecidos ou órgãos isolados.

No Brasil têm pessoas que estão tentando fazer marcas colocarem um símbolo em seus rótulos da Cruelty Free, pois isso diria que a marca não faz testes em animais. Outros modelos alternativos são baseados em culturas de células e tecidos humanos, bancos de dados informatizados sobre drogas e ensaios de drogas virtuais, modelos de computador e simuladores, métodos de células-tronco, entre outros.




Algumas marcas que não fazem testes em animais e são Cruelty Free:

- Anna Pegova

- O Boticário

- Pachamama

- Granado

- Phebo

- Aesop

- Natura

- The Body Shop

- Weleda

- Marc Jacobs

- Eudora

- Quem disse Berenice?

- Beauty Box

- Vult…



Uma maneira de não influenciar mais esses testes de animais é comprando produtos que não foram testados dessa forma ou envolvidos em algo assim, que seja mais natural.

Se você quiser saber se o produto é ou não feito com testes assim, você pode falar com a empresa ou pesquisar mais sobre o assunto.

Escrito por
Catarina
Catarina Berna Villares

6ºAno, Colégio Inspire, São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.