RMVale

Caso “Grávida de Taubaté” completa 10 anos como um dos maiores memes brasileiros

História acabou desmascarada, mas nunca saiu da lembrança do público

Escrito por Gabriel Campoy

11 JAN 2022 - 12H54 (Atualizada em 11 JAN 2022 - 13H22)

Divulgação Gravida de Taubaté (Divulgação)

Há 10 anos, uma história que, ao ser concluída, se tornaria uma das maiores gafes da história da televisão brasileira e o início da era dos memes começava a ser contada aqui na RMVale. A Grávida de Taubaté, nome dado à pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, ganhou notabilidade na época por supostamente estar grávida de quadrigêmeas.

A história acabou desmascarada, mas nunca mais saiu da lembrança do público em geral. Em nível nacional, o termo “de Taubaté” começou a ser falado para se referir, comicamente, a algo que não tivesse veracidade.

Em 2018, aproveitando a popularidade do caso e suas raízes na cultura popular de Taubaté, a escola de samba local, Unidos do Parque Aeroporto, ganhou o carnaval municipal com um bloco dedicado à “Grávida de Taubaté”.


Relembre o caso

O caso, logo de cara, ganhou repercussão enorme em toda a mídia nacional. Jornais impressos e programas televisivos logo começaram a falar sobre a mulher residente de Taubaté, já que, segundo estimativas, apenas uma em cada nove milhões de mulheres ficavam grávidas de quadrigêmeas. Aliado a esse fato, o marido da suposta grávida havia feito um procedimento de vasectomia (cirurgia masculina usada como método contraceptivo).

Contudo, a aparição em que Maria Verônica Aparecida ficou de fato famosa nacionalmente aconteceu no dia 11 de janeiro de 2011, no Hoje em Dia, programa da TV Record.

Neste dia, a falsa grávida ganhou de uma patrocinadora do programa cerca de 30 pacotes de fraldas. E ainda teve um quarto construído e mobiliado para os “bebês”.

Um dos fatos mais relembrados sobre este dia pelos internautas foi o choro do apresentador Edu Guedes, quando revelou a montagem do quarto por parte da produção do programa.

Divulgação
Divulgação


A descoberta

Segundo Chris Flores, apresentadora do programa da TV Record na época, tudo começou quando ela confrontou a suposta grávida no camarim afirmando não acreditar que ela estaria grávida. A mulher então, segundo a jornalista, teria se recusado a dar provas que sua gestação era verdadeira.

Posteriormente, a pedido de Chris, um jornalista que levaria a mulher de volta a Taubaté foi orientado a buscar mais informações sobre a gravidez de Maria Verônica. As investigações levaram o jornalista até um médico local, que afirmou ser falsa a ultrassonografia que a mulher estava apresentando na mídia.

A falsa grávida, de início, resistiu às investigações e chegou até mesmo a entrar com um boletim de ocorrência contra a emissora, quando o programa Domingo Espetacular veiculou uma reportagem colocando em dúvida a gravidez da taubateana.

No entanto, semanas depois, após contratar um advogado, Maria admitiu que a gestação era falsa. O advogado Enilson de Castro confirmou à imprensa que a história não era real. Na época, o advogado ainda revelou uma foto da mulher sem o enchimento que carregava na barriga.


Atualmente

De acordo com informações de alguns moradores de Taubaté que acompanharam o caso na época, atualmente Maria Verônica Aparecida tenta desvincular sua imagem do episódio.

Na época, o advogado Enilson de Castro chegou a afirmar que a mulher teria armado a farsa “por ter o sonho de ser mãe de uma menina e possuir problemas psicológicos”.

Responsável por descobrir a farsa, Chris Flores tentou um reencontro com a falsa grávida em julho do ano passado, quando era repórter do programa Vem Pra Cá, também da Rede Record. Na ocasião, a equipe de reportagem foi agredida fisicamente pelo marido de Maria Verônica.

“[...] Acho que não teve uma má intenção [a história], de prejudicar alguém. E acho que ela percebeu que só prejudicou a si mesma”, disse a jornalista na ocasião.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.