RMVale

Embraer fecha venda de 50 aviões avaliados em U$ 3,9 bilhões

A Azorra assinou contrato para adquirir novas aeronaves da família E2

Escrito por RMVale

24 JAN 2022 - 11H35 (Atualizada em 24 JAN 2022 - 11H51)

Divulgação / Embraer

A Embraer anunciou, nesta segunda-feira (24), que assinou um contrato com Azorra para a aquisição de 20 aeronaves E2, além do direito de compra de mais 30 aviões da mesma família. A encomenda é avaliada em US$ 3,9 bilhões.

Leia MaisJacareí inicia vacinação em crianças sem comorbidadesSão José e Pinda oferecem 154 vagas de emprego nesta segunda-feiraSão Sebastião representa Litoral Norte durante evento turístico em MadriA Azorra é uma empresa de leasing [semelhante ao aluguel] de aeronaves com sede na Flórida, EUA. O acordo com a empresa permite que ela adquira aeronaves E190-E2 ou E195-E2.

As entregas terão início em 2023. Além dessas 20 aeronaves da Embraer, há ainda outras 21 que constam no portfólio da Azorra.

“Nossa equipe tem uma longa e produtiva história com a Embraer. Na Jetscape, fomos a primeira empresa de leasing independente a se comprometer com o programa E-Jet da Embraer em dezembro de 2007 e depois os E-Jets estabeleceram uma base global de clientes, com mais de 80 operadores. A primeira aeronave nova da Azorra foi um Phenom 300, adquirido da Embraer em dezembro de 2016. Estamos entusiasmados com este novo capítulo em nossa parceria de longa data com a Embraer”, disse John Evans, CEO da Azorra, por nota divulgada no site da Embraer.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por RMVale, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.