Por Leonardo Gonzaga Em RMVale

Queiroz Galvão assina contrato da ponte estaiada nesta terça-feira

A empresa foi barrada pelo TCU em licitações federais por cinco anos

ponteestaiada

Recursos de construtoras atrasaram o início das obras em mais de 10 dias

Reprodução/YouTube

O contrato para a construção da ponte estaiada do Jardim Colinas, em São José dos Campos, será assinado nesta terça-feira (26) pela Queiroz Galvão. Após a assinatura do contrato, a prefeitura emite a ordem de serviço e a empresa pode começar a trabalhar no dia seguinte.

A previsão é que o Arco da Inovação, como foi batizada a ponte, seja concluído em setembro do próximo ano.

A construtora Queiroz Galvão venceu a licitação com a segunda melhor proposta --R$ 48,5 milhões. A primeira colocada, Construtora Paulitec foi desclassificada da concorrência por problemas na documentação apresentada. A empresa chegou a recorrer, mas sem sucesso.

A obra da ponte estaiada foi lançada pelo prefeito Felicio Ramuth (PSDB) em abril com a promessa de desafogar o trânsito no trecho de ligação das avenidas São João e Jorge Zarur.  O valor previsto no edital era de R$ 62,9 milhões

A Queiroz Galvão está impedida de firmar contrato com o governo federal durante cinco anos por determinação do TCU (Tribunal de Contas da União), A medida publicada no dia 30 de maio foi tomada pelo Tribunal devido ao suposto envolvimento da empresa em fraudes na licitação da Refinaria Abreu e Lima, da Petrobras, em Pernambuco.

Em nota, a Secretaria de Gestão Administrativa e Finanças de São José dos Campos informou que “não há impedimento legal para assinatura do contrato com a vencedora do certame.”

O Meon entrou em contato com a Queiroz Galvão por volta das 11h, mas até as 14h30 a empresa não havia retornado.

Na última semana, a Justiça de São José dos Campos negou o pedido de ação popular para anular a licitação da ponte estaiada. A ação foi impetrada pelo empresário Eduardo Sivinski no início de maio, mas a decisão judicial descarta irregularidades ou ilegalidades no processo licitatório.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Leonardo Gonzaga, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.