Por Samuel Strazzer Em RMVale Atualizada em 17 NOV 2020 - 14H33

Candidato a vereador descobre na urna que fez campanha com número errado em Jambeiro

Alaor disse que as peças publicitárias foram desenvolvidas pelo partido

Reprodução/Alaor Machado
Reprodução/Alaor Machado

Um candidato a vereador de Jambeiro descobriu na hora de votar, no último domingo (15), que o número divulgado em seu material de campanha estava errado.

Alaor José Machado, 63 anos, candidato a vereador pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), contou que sua mulher votou primeiro e tinha percebido o problema, pois havia digitado o número e a foto dele não havia aparecido. Alaor ficou atento na sua vez de votar, digitou seu número e viu a mensagem “candidato inexistente”.

“Eu só percebi que estava com problema quando fui votar. Digitei o número e apareceu ‘candidato inexiste’. O pessoal da sessão não soube dizer o porquê estava com problema. Consultei a lista de candidatos e vi que meu número estava errado”, conta o candidato.

Reprodução/Alaor Machado
Reprodução/Alaor Machado

O número estampado em todos os materiais publicitários de campanha foi 15.413, mas o verdadeiro número de Alaor, segundo consta no site oficial do TSE, é 15.412.

Em entrevista ao Meon, Rodrigo Rafael Ferreira, 35 anos, presidente do MDB de Jambeiro, disse que o partido havia feito duas artes para o candidato e a peça errada foi enviada à gráfica. Ele ressalva que deveria ter conferido os números, mas não o fez.

Disse ainda que alguns candidatos deixaram a escolha do número a cargo do partido e acabaram não conferindo no TSE também.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Samuel Strazzer, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.